05 junho, 2008

Estudantes da Bíblia

Jesus Cristo declarou enfaticamente que ninguém pode viver verdadeiramente sem se alimentar do pão celestial

Sem Bíblia não havida cristã, não há relacionamento pessoal com Deus, não existe verdadeiro e genuíno conhecimento do Criador dos céus e da terra, não é possível perceber o plano divino de salvação e reconciliação com Ele, não existe autêntica esperança em relação ao futuro que nos aguarda através de Jesus Cristo e não podemos ter a fé que efectivamente vale a pena.
Só o facto de a Bíblia Sagrada ser o maior de todos os best-sellers em todos os tempos, de ser o livro mais divulgado, lido, reflectido, vivido, amado e odiado em todo o mundo, ao longo dos séculos e dos milénios, deverá ser razão suficiente para que ninguém negligencie a sua leitura. Através das suas páginas penetramos além do que pelo nosso próprio entendimento somos capazes de atingir. Não há dúvida alguma que a ciência, o conhecimento humano, a filosofia e a literatura, a psicologia e a sociologia, têm tido um flagrante crescimento nestas últimas décadas. No entanto, a Bíblia Sagrada, na sua simplicidade e singeleza, na sua profundidade inescrutável e na sua sabedoria insondável, continua a comunicar-nos uma revelação sem a qual tudo o resto é nada.
Daí que cada discípulo de Jesus Cristo, cada verdadeiro cristão, seja um estudante da Bíblia Sagrada. Jesus Cristo declarou enfaticamente que ninguém pode viver verdadeiramente sem se alimentar do pão celestial, que é toda a palavra que sai da boca de Deus. Num tempo tão impregnado de materialismo e de consumismo, em que prevalece o prazer a qualquer preço e a ganância de possuir cada vez mais, é tempo de pararmos e reflectirmos demoradamente nas palavras de Jesus, aquando da tentação o deserto: "Não só de pão viverá o homem, mas de todo palavra que procede da boca de Deus." (Mateus 4:4).
Neste número de Novas de Alegria damos um espaço privilegiado de reportagem ao encerramento de mais um ano lectivo em dois Institutos Bíblicos que se agregam a partir de Setembro, com o intuito de conferir melhor preparação aos seus alunos.
Sendo este período um tempo especial de férias para muitos dos nossos leitores, cabe aqui também uma palavra de incentivo para que guardem algum deste período, para um tempo de qualidade diante de Deus através da Sua Palavra e da oração. Se o corpo precisa do sol (com as devidas cautelas devido ao aquecimento provocado pelo efeito de estufa), se o contacto com a água do mar ou o verde das matas e dos jardins faz-nos bem ao físico, é imprescindível que cuidemos da nossa alma e do nosso espírito em contacto com a Palavra de Deus, deixando que o Espírito de Deus nos nutra interiormente. ESTUDEMOS A BÍBLIA!

Autor do Artigo;
Revista Novas de Alegria

1 comentário:

Maria João disse...

É muito importante estudar a Bíblia. Ficamos a conhecer melhor a Palavra de Deus e evitamos certas ideias erradas que andam por aí...

beijos em Cristo