11 maio, 2008

Prioridade da Literatura Cristã

Investir dinheiro na literatura cristã, na literatura sã, espiritual, é um acto sensato e inteligente. É uma das formas mais práticas e económicas de evangelizar os incrédulos e doutrinar os crentes.
Mais importante do que comprar alcatifa ou cadeiras almofadadas para os templos é adquirir literatura evangélica de bom nível e disseminá-la. É que os escritos penetram em lugares vedados ao pregador e falam a personalidades com quem, eventualmente, não teríamos possibilidade de dialogar. Disse alguém: "A página impressa nunca hesita; nunca mostra cobardia; nunca é tentada a comprometer-se; nunca está cansada ou desanimada; viaja a preço baixo e não exige aluguer de quarto; trabalha enquanto nós dormimos." Torna-se necessário consciencializar todos os cristãos - e sobretudo os seus líderes - de que a página impressa deverá ocupar um lugar prioritário na vida de cada um deles. É mister que os crentes leiam, meditem, estudem e propaguem a literatura evangélica. É fundamental que estejam bem informados acerca daquilo que crêem. Nenhum dirigente cristão pode baixar os braços argumentando que na comunidade onde serve há uma significativa percentagem de analfabetos, ou gente sem tempo para ler, ou pessoas que não apreciam a leitura. É necessário pôr de lado atitudes fatalistas; é necessário combater espíritos derrotistas; é necessário ir ao fundo dos problemas e procurar soluções adequadas para cada caso.
As Igrejas mais fortes e bem sucedidas são as que, via de regra, atribuem grande importância à literatura cristã; são as que utilizam a página impressa como uma ferramenta na difusão da Boa Nova (Evangelho) e na edificação e instrução dos fiéis. Dar prioridade à literatura cristã, é, de facto, uma medida correcta e sensata.

Autor do Artigo .
Fernando Martins

3 comentários:

Pablo disse...

Oi Pedro, primeiro seu blog é show, que bom ter conhecido.

Segundo, esse negocio de liderança é muito sério e precisa ser tratado com cuidado. Ore e converse bastante e tudo vai se ajustar.

Um grande abraço e fica na paz.

Te linkei.

Mamanunes disse...

Querido irmão.
Que prazer conhecê-lo assim como sua disposição para o trabalho em Cristo. Imagino que não seja nada fácil, nem tampouco foi promessa do Senhor que seria, mas posso te dizer com palavras Dele: "Guarda o teu coração."
Ore a aguarde com paciência.
Eu, aqui na Mata Atlântica te ofereço o que de melhor tenho, minha oração por ti, para que te fortaleças.
Um grande e fraterno abraço!

Paulo Silvano disse...

Caro Pedro Aurélio,

Oro por você. Que Deus o guarde no Seu amor.

Um abraço,
pr Paulo Silvano